VIVER NO AGORA – Em busca a autocura

Você já ouviu falar em autocura ? Vamos iniciar aqui uma jornada de descobrimento interior para que aos poucos possamos entender que realmente podemos construir uma realidade diferente da qual nós vivemos hoje.

O que mais buscamos nos dias atuais é tentar entender o porquê das situações ocorrerem em nossa vida. Coisas que não desejamos e sempre estamos em busca de elimina-las, mas acabam acontecendo.

Podemos entender que a busca pelo desconhecido se tornou algo comum entre a raça humana, pois todos estão em busca de algo que ao menos sabem que existe. Essa angústia infinita que submete-os a um estado de inconsciência, os transporta para focos externos levando à autodestruição.

Para esclarecer melhor sobre o assunto, irei citar um ponto nesta postagem e peço que você comprovem por si mesmo, e nas próximas iremos abordar outros fatores que também estão envolvidos na observação que realmente estamos a caminho deste colapso humanitário. Mas existe algo que poderá nos ajudar neste processo.

O primeiro ponto seria as manifestações das doenças as quais estão se tornando cada vez mais comum. Se sairmos a rua para realizar uma pesquisa a cada cinco pessoas três tomam remédios, seja para qualquer mal, desde um comprimido para dor de cabeça, alergia, diabetes, hipertensão arterial e tantos outros.

Esses remédios se tornaram tão comuns que hoje podemos encontrar um “hidrocloritiazida” por exemplo por menos de dois reais em qualquer farmácia.

Mas o que poucos percebem é que esses remédios não existiam há alguns anos atrás, e nem tão pouco as pessoas necessitavam deles. Então ficamos pensando, o que mudou então? Será que a constituição química do nosso corpo modificou?

Podemos também indagar e comparar com o estilo de vida que possuímos hoje, onde está a diferença?

Respondendo essas questões iremos começar a entender o processo da autocura pois essa é chave que nos dará à luz para a questão.

Tente responder para si mesmo e vamos construindo juntos.

Aguardo contribuições, e até a próxima postagem.

Categories: Destaques