Um homem do mundo de volta às origens

Quando os valores estiverem mais perdidos do que já estão, nos lembraremos de nossas origens e seremos gratos por ter nos passado tantas boas pessoas em nossas vidas (Flávio Galindo). E do jeito que está ficando difícil viver hoje em dia, é melhor recorrermos aos poucos índios que ainda restam e pedir-lhes para nos ensinar a viver com simplicidade, pois não é à toa que eles vivem tanto, porque não têm a nossa preocupação criada neste mundo artificial. Desde que o homem descobriu a riqueza e o poder que ele traz ao mundo, nunca mais foi o mesmo”

Comecei a entender um pouco destas duas ideias na pequena vizinha cidade de Monte Carlo, ao participar de uma palestra na quarta-feira em “homenagem” ao talentoso e mundialmente conhecido, Jamil Albuquerque. Ele nasceu em Monte Carlo-SC, Economista, Metodologista, Instrutor Master Mind, especialista em Arquitetura, Gerenciamento de Cidades e Marketing. Gestor da marca Master Mind no Brasil e em outros 7 países de língua Portuguesa. Autor dos livros: A arte de lidar com pessoas, A Lei do Triunfo para o Século XXI e Líder com Mente de Mestre. Ele gosta muito de gente do interior e do jeito que essa gente diz que sente amor, dizem que amor é para sempre e para nunca mais. Gosta da vida simples das cidades pequenas, porque caipira tem vida interior. Filósofo natural, e busca nela a profundidade racional para vida. Para Jamil a vida é como uma grande escola do Universo. A lição aprendida é que Jamil voltou às origens, e lotou o salão da Igreja com amigos e velhos conhecidos, e provou que você é do tamanho do seu sonho, com frase: “Você não é pobre, apenas está sem dinheiro no momento” e “Me diga quem são seus ídolos, que te direi onde você vai chegar”. Para um homem realizado, que conquistou o impensável, saiu aos 14 anos do interior de Monte Carlo e hoje faz parte do conselho da ONU e na hora de compartilhar suas conquistas escolhe a sua cidade natal e visivelmente se emociona, mostrando que dentro do peito de um grande homem bate um coração humano.

 

Tudo o que é grande na vida, tem suas origens naquilo que um dia foi pequeno – (Elaerte Marcchese Junior)

 

Categorias: Cultura e Educação,Destaques,Região