Histórias que a urna não conta – Uma visão distópica

Certamente você já ouviu a famosa frase “ O Rei reina, mas não governa”. Esta frase, cunhada na Era Medieval na Grã-Bretanha, significava que com a implantação do parlamento, quem governava era o Primeiro Ministro. O Rei seria, portanto, mera peça figurativa, um elemento representativo. Embora no Brasil vivemos no Regime Democrático, nos últimos anos tivemos Dilma e atualmente Michel Temer como exemplos. Na democracia, como sabemos, o chefe é escolhido pelo voto, mesmo que seja de forma irregular, sem seguir as regras tradicionais de decoro e honradez. Contudo, há uma diferença fundamental entre ser chefe e ser líder. Ora! Ser chefe não significa ser líder. O líder é, naturalmente, aquela pessoa carismática, que cativa com suas palavras e exemplos, com árduo trabalho em favor da coletividade e honestos acima de tudo, sem somente buscarem favorecimento do seu grupo ou pessoal. Não temos, a curto e médio prazo, a formação de novas lideranças com as características elencadas acima. Na minha concepção, as novas lideranças que estão surgindo nos planos federal, estadual e municipal não trarão nada de novo, pois estão engajadas e enraizadas com políticos e empresários que darão continuidade ao modelo atual da gestão da política num todo. As chamadas velhas raposas continuarão seu reinado, manipulando os políticos inexperientes. Estes novos, mesmo que tenham boas intenções, serão engolidos pelo sistema implantado e ditado pelos antigos. Da forma como está estruturada nossos governos, reflexo da política nacional, apesar de mudarem as siglas partidárias, as mesmas pessoas continuarão a mandarem. Aquelas mesmo que tem o anseio pelo poder e pelo domínio da sociedade em todos os seus segmentos. Logo, liderança é aquela que surge do nada, do povo, de luta, de busca por melhorias pelas classes menos favorecidas e não somente pela sustentabilidade do poder. Fora deste contexto, o conceito de novas lideranças não existe, nem aqui, nem a nível nacional. Por aqui, ficaremos ansiosos esperando por mais um italiano de batina cruzar o oceano.

Texto:Albino Martini

Foto:  INTERNET – Grandes líderes da história

Categorias: Região