DJ de velório: Acredite, ele existe!

Algumas histórias contadas são difíceis de acreditar, mas de tanto passarem de boca em boca tornam-se folclóricas. Imagine você que lá pelos idos dos anos 80 havia num município próximo de Fraiburgo um gurizote que tocava festinhas em residências, como era o costume da época, com discos de vinil e fitas K7. Um morador da cidade que conhecia seu trabalho, era fã incondicional de Bee gees e do Grupo ABBA entre outros grandes sucessos. Não perdia uma destas festas. Este cidadão veio a falecer relativamente jovem com seus cinquentas e poucos anos. Tinha confidenciado a sua esposa e filhos que quando morresse, queria em seu velório que o DJ tocasse as músicas que ele gostava. No dia do seu falecimento, eis que a viúva e seus filhos procuram o animador de festas para que se realizasse a vontade do falecido. Mesmo achando estranho, mas para não contrariar o defunto, saiu o DJ campeando os discos das bandas mais famosas e que fizeram por longo tempo a alegria do finado. E assim, vararam a noite ao som delicioso dos talentosos irmãos Gibb e dos inesquecíveis suecos do ABBA. Se haviam pessoas dançando não me contaram, mas certamente houve uma grande festa no céu neste dia. Hoje o DJ animador de velório mora em Fraiburgo.


Albino Martini
Vídeos: Bee Gees: “Tragedy”.
Fotos: INTERNET

Categorias: Cultura e Educação,Destaques