Carta de Gratidão ao Ano de 2017

Gratidão, é uma carta de amor!

Tudo o que vivi me trouxe até aqui, neste ano que se finda! Sou grata a absolutamente tudo. Curvo minha alma em reverencia a todas as pessoas espalhadas pelo meu caminho, mestres na arte de me ensinar a ser forte, valente, a ser cada vez melhor e firme em meus propósitos. Sou grata a todas as pessoas, vestidas de tantas formas, nutridas dos mais diversos sentimentos ao se aproximarem de mim. Algumas vezes, pessoas disfarçadas de dor, outras, disfarçadas de amor. Sou Grata.

Sou grata por chegar até aqui. Eu superei magoas, curei doenças, superei medos, curei traumas, eu criei expectativas que não foram sanadas, eu realizei coisas que não foram idealizadas. Sorri, dancei, conheci novas pessoas. Reconheci o amor, e chorei ao constatar o óbvio. Eu fiz pequenas viagens, e outras distantes dentro do meu ser. Busquei a mais profunda sabedoria de quem eu sou, do que eu amo, do que realmente importa e tratei de reconstruir minha vida em cima disso.

Em 2017, eu mudei de cidade, e mudei de novo. Eu abri e fechei empresas, eu desfiz sociedade. Eu comecei outro trabalho. Encarei projetos cheios de desafios. Eu descobri que quero ser mãe, esposa, mulher, profissional, e que tudo isso cabe aqui em mim. Em 2017, eu fiquei mais próxima da minha família, e senti que eles estavam mais próximo uns dos outros, (e isso vale mais que qualquer coisa), eu comprei um carro novo e joguei fora velhos sonhos. Eu fui mais longe ao exercer e compreender a caridade. Sou Grata.

Fui amada, fui querida, fui cobiçada, mas nem sempre correspondi, porém em 2017 eu também validei o meu querer, e descobri que o meu querer é o que de mais sagrado habita em mim. Eu testei minha fidelidade com Deus, e com meu eu. Eu renunciei a muitas coisas do mundo. 2017 eu completei 30 (trinta) anos, e uma nova vida nasceu em mim. Gratidão, sou grata.

2017, foi ano que eu disse para o meu coração “esse é o cara da minha vida”, 2017 validou meus sentimentos, apagou memorias antigas! algumas pessoas não permaneceram na minha vida, não as culpo.  Cada escolha que fazemos diz respeito somente a nós mesmos. Desejo luz a cada ser que passou por mim. 2017 me apresentou amigos, me reaproximou de pessoas que estavam afastadas, testou minha paciência e minha capacidade de perdão. Foi em 2017 que descobri que a gente ensina as pessoas, como a gente merece ser tratado, e que isso dói mais na gente do que neles, e fazendo isso, descobri que é mais importante ser amor, do que estar em amor. Sou grata.

Caramba!!! em 2017 Apostei algumas das minhas fichas em pessoas, e eu as perdi, sou grata! Apostei todas as fichas que sobraram em mim, e eu me ganhei, sou grata! Minha alma diz, obrigada, obrigada, obrigada.

O que pode ser mais importante do que aquilo que, prevalece em mim?

Bondade, luz, fé e amor. Gratidão ao ano de 2017, e a tudo que de mais sagrado habita em mim.

VEM 2018!!! Te espero de braços abertos, antecipando minha gratidão por todas as bênçãos que me esperam. Assim é.

 

Viridiane Mohr

Coach |Desenvolvimento Humano

Contato: realizedesenvolvimentohumano@gmail.com 

Categories: Destaques,Revista Evva,Saúde e Bem Estar